Revista Gestor     Usuário: Senha:  

Faccionados que mataram namorada de comparsa são condenados em júri de Barra Velha

Fonte:Tribunal de Justiça de Santa Catarina - 29-11-2021

Em sessão do Tribunal do Júri na comarca de Barra Velha, com duração de 24 horas, cinco integrantes de uma facção criminosa foram condenados a penas que, somadas, ultrapassam 80 anos de prisão. O grupo foi julgado pelo homicídio de uma mulher e já estava encarcerado em unidades prisionais daquele município e das cidades de Itajaí, São Francisco do Sul e Joinville. A maior reprimenda aplicada foi de 23 anos e, a menor, de um ano e dois meses, esta a ser cumprida em regime inicial aberto, para réu que foi condenado apenas por ser membro da organização. O juiz Gustavo Schlupp Winter foi o responsável pela condução dos trabalhos.

A sessão, realizada na última semana, movimentou a cidade de Barra Velha, litoral norte catarinense. Um forte aparato de segurança da polícia militar foi montado em frente ao fórum para manter a ordem. O crime aconteceu em maio de 2019. De acordo com a denúncia do Ministério Público, a vítima, então com 21 anos, e que era namorada de um dos envolvidos, teve a morte decretada pela organização criminosa, após colaborar com a polícia ao prestar um depoimento. Consta nos laudos que a jovem apresentava ferimentos nas regiões da cabeça, tórax e abdômen, provocados por projéteis disparados por arma de fogo (Autos nº 00012184120198240006).

Conteúdo: Assessoria de Imprensa/NCI
Responsável: Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)

 

 

Boletim de Direito Público!
Revista Gestor - edição n 32!
Fonseca & Bessa Advocacia - Consultoria jurídica especializada em Gestão de Direitos Público.
Grifon Brasil